quinta-feira, 28 de abril de 2011

...

E ao colocar, pela terceira vez, um ponto final no manuscrito da nossa história,

eu vi que o que tinha ficado depois da grafia torta do teu nome

era o et cetera incerto da nossa eterna reticência.

O amor é um ofício que escolhemos todos os dias.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

segunda-feira, 25 de abril de 2011

domingo, 24 de abril de 2011

Como contar para uma pessoa algo que vai mudar a vida dela para sempre?

segunda-feira, 18 de abril de 2011

O que eu quero X o que eu preciso

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Problema de coração

E, então, o que eu tenho, doutor?

Bloqueio do ramo direito. Ele dá um curto-circuito aqui, ó, e tenta sair pelo lado errado, mas como não tem jeito, volta ao normal.

E isso é grave?

Se fosse do lado esquerdo seria, mas do lado direito, não. Você sempre teve isso, provavelmente nasceu com isso. Mas nunca vai te causar problema algum. Não vai te impedir de fazer nada. Você pode fazer o que quiser. O que quiser!

Até amar, doutor?

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Misión

"Defender la alegría

Como una trinchera,

Defenderla de la rutina

Y del escándalo,

De las ausencias

Transitorias y definitivas.

Defender la alegría

Como un principio...

De las dulces infamias

Y graves diagnósticos.

Defender la alegría

Como un destino,

Como una certeza.

Defender la alegria

Como un derecho..."

Já que hoje é Dia do Beijo

domingo, 10 de abril de 2011

Feliz

Irmão,cunhada, sobrinho. Vinho.

Jantar feito, especialmente, pelo irmão, não tem preço.

sábado, 9 de abril de 2011

let's fall in love...

quinta-feira, 7 de abril de 2011

domingo, 3 de abril de 2011

Are you feeling me?

Intensidade. Profundidade. Verdade. Transparência. Volume alto. Explosão de emoção por dentro. Sentir o rosto ficar vermelho.

Escutar. Entender. Falar. Não falar. Pular. Dançar. Amar, de verdade.

Perdoar. Lutar. Perder. Chorar de dor. Superar. Ganhar. Crescer. Rir. Chorar de rir.

Lembrar. Estar presente.

Ter famiília-amigos, amigos-família.

Abraçar. Ser bobo. Surpreender. Rir de novo. Ser bobo de novo.

Se a vida acontece e não tem como fugir, que seja com intensidade.

Podemos escolher viver no piloto automático. Ou então viver como se fosse um personagem de trailer de um filme que está sempre no ápice da emoção com uma trilha emocionante no fundo.

Viver vendo o lado profundo, simples e sem preço de cada coisa que cruza nosso caminho, seja uma flor, uma dor, um filme.

Viver pelas grandes pequenas coisas que fazem tudo ser sentido. Isso é a gente! Isso é ser gente.

Ok. Existem dias, e podem ser muitos dias, que essas sensações todas simplesmente não aparecem.

Não aparecem como naquele dia em que o por-do-sol fica escondido no dia nublado.

Mas não é só porque não se vê, que não existe.

O que é invisível, também pode ser real. O segredo é continuar acreditando e sentindo, mesmo quando não é óbvio ou claro para os olhos.

Porque no final das contas a gente vê e sente do lado de dentro. Está tudo dentro da gente, não fora.

Não perca tempo procurando por aí, está aí dentro.

Sim, a vida seria mais fácil se não fossemos profundos assim, mas aí, não haveria poesia no mundo.

É por isso tudo que os traillers normalmente são melhores dos que os filmes.

Talvez o trailer seja o hoje e o filme seja apenas a frustração das expectativas que criamos do amanhã.

Mas o que importa nisso tudo é: você se sente?

Eu me sinto!


Daqui: http://bit.ly/enPF73

I wish