quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Simples assim!

difícil atrai, o impossível seduz, o complicado assusta, 
o extremamente complicado apaixona!

domingo, 22 de dezembro de 2013

Despenteia

É preciso deixar que a vida te despenteie.

Por isso decidi aproveitar a vida com mais intensidade.

O que é gostoso, engorda.

O que é lindo, quase sempre custa caro.

O sol que ilumina o teu rosto enruga.

E o que é realmente bom dessa vida, despenteia.

Fazer amor, despenteia.

Rir às gargalhadas, despenteia.

Viajar, voar, correr, entrar no mar, despenteia.

Tirar a roupa, despenteia.

Beijar a pessoa amada, despenteia.

Brincar, despenteia.

Cantar até ficar sem ar, despenteia.

Dançar até duvidar se foi boa ideia colocar aqueles saltos gigantes essa noite, deixa seu cabelo irreconhecível.


Então, cada vez que nos virmos e eu estiver com o cabelo bagunçado, pode ter certeza de que estou passando por um momento feliz!

O que realmente importa é que ao me olhar no espelho, veja a mulher que devo ser.

Por isso, minha recomendação:

Entregue-se, coma coisas gostosas, beije, abrace, dance, apaixone-se, relaxe, viaje, pule, durma tarde, acorde cedo, corra, voe, cante, arrume-se para ficar linda, arrume-se para ficar confortável, admire a paisagem, aproveite.


E, acima de tudo, deixa a vida te despentear!

domingo, 8 de dezembro de 2013

Qual o nome?

Qual é o verbo do prazer? Qual é o verbo do tesão? Qual o verbo da vontade do toque, do cheiro e do gosto do outro?

Como se chama a palavra que não existe e que quase sai da boca na hora do auge do prazer da carne?

Qual é a língua que o nosso pensamento usa para traduzir o prazer do momento no sexo quando o corpo está em absoluta concentração na busca pelo alívio no gozo?

A palavra conjugada, que sempre vem do pensamento, pode ser tantas, que chega a não existir.

Já o tesão, este começa e se encerra na carne. No beijo, no contato da pele, na consumação.

 Os músculos contraem e relaxam, como o período do entardecer do dia que vira noite, como o amanhecer na escuridão clareia aos poucos e faz com que o dia nasça satisfeito e pronto para enfrentar mais um ciclo de vida.

Renovado, relaxado e satisfeito.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Que todo mundo

Que todo mundo tenha um amor quentinho.

Descanso pro complicado do mundo.

Surpresa pra rotina dos dias.

A quem esperar. 

De quem sentir saudade. 

Um nome entre todos. 

O verso mais bonito. A música que não se esquece. 

O par pra toda dança.

Por quem acordar.

Com quem sonhar antes de dormir.

 Uma mão pra segurar, um ombro pra deitar, um abraço pra morar. 

Um tema pra toda história. Uma certeza pra toda dúvida.

Janela acesa em noite escura. Cais onde aportar. Bonança, depois da tempestade.

 Uma vida costurada na sua, com o fio compriiiiido do tempo.

domingo, 1 de dezembro de 2013